Pular para o conteúdo principal

RESPOSTA AO ARTIGO DO JORNALISTA PAULO CHAGAS: Sobre a história do Brasil

Por Chico Gretter: Ontem recebi um relato de um tal jornalista Paulo Chagas que elogiava os generais do regime militar e atacava o Lula, comparando a abnegação dos militares com o oportunismo do petista e acusou os "brasileiros" de profunda ignorância sobre a nossa história... Não entrando em questões pessoais de quem é mais bonito, fiz a seguinte reflexão:                                                                                                                   RESPOSTA AO ARTIGO DO JORNALISTA PAULO CHAGAS: sobre a história do Brasil, como professor de História que sou, devo discordar de várias afirmações do jornalista Paulo Chagas sobre a época do regime militar. Os generais que governaram o país por 21 anos podem ter sido honestos, mas a política de alinhamento de nossa economia ao capitalismo internacional/$USA que ainda domina a América Latina sempre provocou uma dependência muito grande de nossos países aos EUA, sem falar nos milhares de presos, torturados, exilados e mortos que essas ditaduras fizeram em nome do anticomunismo idiota que ainda persiste; além de deixarem uma dívida externa de +- 200 bilhões de dólares que só foi totalmente paga no segundo governo Lula! Sobre essa "dívida" foram pagos por nós bilhões de juros nas décadas de 70, 80 e 90, além das crises enormes que tivemos desde a crise do petróleo de 1974....crises sucessivas de 1982....1986 a 1992...Chamadas de décadas perdidas! Esse foi um dos tristes legados do regime militar e dos governos Sarney e Color de Mello! Vocês se lembram do FMI!? Agora temos uma enorme dívida pública (mais de 3 trilhões de Reais!) cujos juros e serviços nos levam todos os anos entre 500 e 900 BILHÕES DE REAIS!!! E a dívida só aumenta!    Esse é o nosso principal problema, mas poucos falam dele! Por quê????? Pergunte pro Meirelles!!! Ele o chefe dessa agiotagem, desse assalto legalizado! Temer é apenas um lacaio fajuto! Lula e Dilma, que também obedeciam ao mesmo demônio, pelo menos queriam e dividiram um pouco mais os lucros com a "classe C"...Nem isso nossas elites mesquinhas, corruptas e gananciosas aceitaram; e este governo ilegítimo agora quer nos tirar o pouco que conquistamos nos últimos anos...desde o "plano Real"...Mas parece que o povo está acordando, percebendo as mentiras e vendo quem são os bandidos de verdade...eles não estão nos morros, nas favelas, nas "comunidades"... eles estão nos palácios, muito mais do que em triplexs.... Também estão nas coberturas do Leblon, dos Jardins...a corrupção e o crime organizado não têm seu quartel general na Cracolândia do centro de SAMPA, em Paraisópolis, na Rocinha ou no Morro do Alemão carioca.    A "polícia pacificadora" deveria instalar suas bases em Brasília, na Zona Sul do Rio, nos Jardins da Paulicéia, nos paraísos fiscais do capitalismo criminoso, nos Projacs da grande mídia mentirosa do panis e do circus moderno. Vamos acordar, meu povo: a solução está para além de um tanque cheio de gasolina barata, a solução está em termos de viver bem e com dignidade através de nosso trabalho.    Temos de exigir esse direito! e a TODOS os ladrões das quadrilhas instaladas nos centros do poder econômico-político e suas camarilhas, cadeia! Chega de enganação!  
fora Temer #Eleições diretas já #Por uma Constituinte da Reforma Política!!!
27/07/2017 - Prof. Chico Gretter - filósofo e na luta desde 1975.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A APROFFIB apoia e convida a todos para GREVE GERAL no dia 30 de junho

LUTAR É PRECISO!!!
A APROFFIB apoia e convida a todos para GREVE GERAL no dia 30 de junho
"Morrer ou deixar morrer" Não é querer fazer alusão as ideologias nazistas ou a qualquer tipo de ideologias, nem é ser anarquista, mas pelo contrário, é suscitar uma atitude crítica na sociedade em que vivemos. Recordarmos Nietzsche quando diz que nos tornamos passíveis diante dos problemas sem questionar ou lutar, enfim quando fugimos dos nossos direitos, transferimos o nosso poder a outras pessoas. Assim nós o perguntamos “morrer, ou deixar morrer”? Morrer é lutar pelos seus direitos, é lutar pela vida é fazer algo de sua existência, e deixar morrer é simplesmente cruzar os braços para tudo, para sociedade e principalmente para esse governo que nos massacra e tira de nós trabalhadores o direito à vida digna, o direito ao trabalho digno e principalmente o direito de se aposentar. E hoje, o que estamos fazendo? Durante o nazismo, o povo alemão matou e deixou morrer “por não saber o que ac…

“ESCOLA SEM PARTIDO”: O QUE ISSO SIGNIFICA?

Por Dermeval Saviani

No Brasil o atual governo, resultado de um golpe parlamentar, vem tomando várias iniciativas na direção do abastardamento da educação. A par de medidas como cortes no orçamento, destituição e nomeação de membros do Conselho Nacional de Educação sem consulta, um sinal emblemático da intervenção nos próprios conteúdos e na forma de funcionamento do ensino é o movimento denominado “Escola sem partido” que se apresenta na forma de projetos de lei na Câmara dos Deputados, no Senado Federal e em várias Assembleias Estaduais e Câmaras Municipais do país.

O referido projeto é chamado por seus críticos de “lei da mordaça”, pois explicita uma série de restrições ao exercício docente negando o princípio da autonomia didática consagrado na legislação e nas normas relativas ao funcionamento do ensino. A motivação dessa ofensiva da direita tem um duplo componente.

O primeiro é de caráter global e tem a ver com a fase atual do capitalismo que entrou em profunda crise de caráter e…